Açúcar em excesso pode causar rugas

O açúcar em excesso no organismo pode modificar as estruturas do colágeno e isso influencia no surgimento de rugas. Saiba como reverter esse processo
açúcar rugas

Foto - Istock/ prudkov

Existe uma grande diversidade de propriedades que podem causar ou agravar as temidas rugas. Mas você sabia que o nosso querido açúcar está entre elas? Isso mesmo. quando o organismo ingere uma grande quantidade de açúcar ocorre o contato com proteínas, principalmente o colágeno, e isso compromete a elasticidade da pele. 


Nesse processo todo, existe a glicação, que na prática é a soma entre proteínas e carboidratos, mas de forma inadequada. Dessa maneira, além de não haver a interferência de enzima nos processos, as células não atuam como deveriam na região.

Para a dermatologista Claudia Marçal, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, o açúcar contribui para o envelhecimento por causa dessa interferência nas proteínas. "De modo geral, essas proteínas cruzadas modificam a estrutura da pele, o que favorece a perda de elasticidade, luminosidade e capacidade de regeneração. O mesmo ocorre na estrutura capilar e das unhas, uma vez que a base destes dois itens é a derme [tecido conjuntivo]", destaca.

Para entender melhor as desvantagens do excesso de açúcar no organismo, a dermatologista cita o que ocorre na pele de quem possui diabetes. "Como a pessoa tem excesso de açúcar no organismo, então, a pele se apresenta sem viço, sem elasticidade, amarelada e ainda existe a dificuldade de cicatrização".

Açúcar e acne

O excesso de açúcar no corpo também contribui para piorar a acne na pele. Isso acontece porque neste cenário existe uma inflamação e, com a presença do açúcar, aparecem novas moléculas. Muitas vezes, elas não são reconhecidas pelo organismo e surgem inflamações subclínicas, as quais não são visíveis.

Para a médica, é preciso ter cuidado não apenas com o consumo de açúcar em sua forma mais simples. "É importante se atentar para os carboidratos, farináceos brancos, que também se transformam em açúcar no final. Então, consumimos açúcar indiretamente o tempo todo para gerar energia. Este processo se acumulará no organismo e inicia-se a glicação".

Como combater a glicação

Graças aos estudos e avanços tecnológicos na área, existem no mercado produtos que agem como antiglicante e deglicante (revertendo o processo de glicação). Para potencializar, o uso tópico é fundamental: "Alistin é a opção tópica do Glycoxil, também impedindo essa reação de glicação", explica. De qualquer forma, a dermatologista pontua que antes de adquirir esses produtos, é importante ter prescrição médica. Os itens podem ser encontrados em farmácias de manipulação.

Por Thamirys Teixeira

Comente

 

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

Últimas

Top Temas

perfumescelulitepiercingbumbumestriasesmalteslimpeza de peledepilaçãobatomdicas de maquiagemacnenamorounhas decoradaspeelingtatuagensaxilasdicas de belezasobrancelhamaquiagem para noitemaquiagem passo a passobepantolbb creammaquiagem para casamentounhas decoradas passo a passo